Archive for junho de 2009

Barack Obama 2

Como o previsto a campanha de Barack Obama faturou 2 Titanium em Cannes. Um dos cases premiados foi justamente o da agência de David Droga, presidente do juri, a Droga5. A campanha The Great Schelp tinha o seguinte desafio: garantir votos para Obama na Flórida, onde há uma grande comunidade de judeus na maioridade, que votam pelo conservadorismo. A idéia da campanha foi simples: influenciar essas senhoras e senhores avós a votar em Obama através dos seus netos. Um filme que veiculou no Youtube pedia que os netos viajassem à Florida para convencer seus avós a votar em Obama.

O filme chamava esses netos a visitar o site da campanha http://www.thegreatschlep.com/ onde eles encontrariam material suficiente para convencer seus avós. O resultado: mais de 342 milhões de impressões da campanha na midia, mais de 25 mil cadastrados no site e Barack Obama venceu com mais de 170 mil votos. Veja também o video com alguns exemplos de netos em ação.

Nenhum comentário.

Queime seus amigos e ganhe um sanduiche!

Já tinho visto este case em uma palestra do próprio Bogusky, aqui no Brasil. A palestra foi incrível. E o case mais ainda. A idéia foi desenvolver um aplicativo para o Facebook, um Orkut mais descolado. No aplicativo, os usuários podiam “queimar” seus amigos em troca de um sanduiche, o Whooper. A promoção da Burger King dos EUA pedia que o usuário queimasse 10 amigos da sua lista. E com isso garantia o Whooper grátis. A campanha, como era de se esperar, foi um sucesso. Milhares de pessoas interagiram queimando seus amigos. E os amigos queimando amigos dos seus amigos. O case, por fim, acabou vencedor de um Integrated Lion em Cannes. Mais do que merecido. Veja um video demostrativo.

Nenhum comentário.

A campanha do ano: Barack Obama.

Com certeza é o case mais marcante do ano. E há uma grande chance de ser o mais premiado no Festival de Cannes. Em uma palavra, definiria este case da seguinte maneira: envolvimento. Desde o princípio, a campanha pediu a participação ativa da sociedade americana. Milhares de jovens que não votavam compraram essa briga. Todos se sentiram participantes da eleição. Todos se sentiram responsáveis. Este talvez tenha sido, na minha opinião, a grande sacada. Barack Obama e sua campanha respeitaram o eleitor. E dessa forma criaram a maior e mais motivada equipe de vendas da história.

Veja o vídeo de David Plouffe pedindo o envolvimento dos eleitores na campanha. Na TV, Obama falou ao grande público. Na internet, se aproximou dele.

E aqui um dos comercias de TV de Barack Obama. O título e texto do comercial já diz tudo: One Day to Change the World.

E por último, um video da trajetória mais marcante de uma corrida presidencial nos EUA.

2 Comentários

Capas do Estadão feitas por consumidores

A agência brasileira Lew Lara ganhou ouro no Festival de Cannes com este case no Media Lions. Veja o case.

Nenhum comentário.

Kit-Kat pelo correio no Japão

OK, o Twitter é a mais nova moda em Cannes e no resto do mundo. Centenas de marcas já usam o Twitter para promover seus produtos. Mas boas idéias são boas idéias. Em qualquer midia. E esta campanha da JWT do Japão, mostra que até o correio pode ser uma grande midia para o produto. A campanha ganhou Grand Prix de Media em Cannes. O resultado na prática: 24.000 locais em que Kit-Kat aparece sem concorrentes, 260 mil chocolates foram enviados até agora e o buzz da campanha foi de mais de 11 milhões de dólares em midia (jornais, revistas, telejornais e sites em que a campanha apareceu).

Nenhum comentário.

O case de Havaianas

O produto é velho conhecido de Cannes, afinal a Almap BBDO já faturou dezenas de prêmios com suas campanhas. E este ano não foi diferente: Leão de Ouro na categoria design. Veja o video do case.

Nenhum comentário.

Até onde vai a criatividade do brasileiro?

Uma boa idéia é assim: ganha terreno e adaptações em todas as midias. E, neste caso, em todas as midias ela é igualmente fantástica. Um case e tanto para um cliente que é velho conhecido dos prêmios de publicidade. Desta vez, a campanha ganhou ouro no Festival de Cannes.

Este é o filme da campanha.

E este o filme da Almap apresentando o case.

Nenhum comentário.

O melhor emprego do mundo

Este case já faturou três Grand Prix no Festival de Cannes. Bem merecidos. A campanha é fantástica. A idéia era divulgar o turismo no estado de Queensland, na Austrália. E qual foi a proposta da agência? Oferecer a vaga de zelador na ilha Hamilton, uma das 600 que formam a Grande Barreira de Corais. O contrato do empregado previa um salário de 105.000 dólares por seis meses, o equivalente a cerca de 20.000 dólares por mês. O buzz gerado pela campanha percorreu o mundo todo. Jornais, revistas, redes de televisão, blogs, emails, twitter, cartas, todo mundo falando desse tal emprego. Enfim, publicidade gratuita para este incrível destino de viagem. Genial!

Nenhum comentário.